A devoção a Nossa Senhora «é o caminho fácil para alcançar a Cristo», ensina o grande santo mariano S. Luís Grignion de Montfort, no seu Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem. De facto, a escravidão de amor a Maria Santíssima é o caminho perfeito para alcançarmos o nosso fim último: a união total com Jesus.

Neste sentido os Arautos do Evangelho promoveram em Braga um curso, com a duração de nove semanas, que culminou com a solene consagração de 28 fiéis a Jesus Cristo, pelas mãos de Maria Santíssima.

A cerimónia, decorreu no dia 19 de Novembro, durante uma solene Eucaristia na Basílica de Nossa Senhora do Sameiro, presidida pelo P. Antônio Guerra EP, e concelebrada pelo P. Ricardo Queiroz EP.

Durante a homilia, o P. Guerra realçou, com estas palavras, a importância e a seriedade desta consagração a Deus:

“O nosso Rei convida a todos os que se consagram a Ele, pelas mãos de Maria, como escravos de amor, a imitá-Lo. O nosso Rei não oferece, a nós escravos, pompas nem glórias neste mundo mas sim, no céu. Portanto, consagrar-se hoje a Jesus pelas mãos de Maria é caminhar na direção a este trono, que é a Cruz. Pela Cruz, chega-se à Luz.

No momento em que, de joelhos, se consagrarem a Jesus pelas mãos de Maria coloquem-se por inteiro nos braços dela, como um dia Jesus se colocou. Entreguem-se por inteiro como Jesus se entregou, para que possam sentir intensamente, especialmente nos momentos de dor, de sofrimento, de angústia, de aflição, provação, essa alegria que sentiu o “bom ladrão” quando Jesus se voltou para ele e disse: “Ainda hoje estarás comigo no Paraíso”

Que Nossa Senhora os cumule de graças e de bênçãos. Que sintam a cada instante do palpitar do vosso coração ou no piscar de olhos, esse amor da Rainha do Céu e da Terra desdobrando-se e descendo sobre cada um de vós”.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *